Notícias

Galo larga na frente na única final de Estadual no interior

Por Alexandre Simões, 08/05/2020 às 10:49
atualizado em: 17/05/2020 às 13:11

Texto:

Foto: Bruno Cantini/ Atlético
Bruno Cantini/ Atlético

Atlético e Cruzeiro começam a única decisão de Campeonato Mineiro disputada fora de Belo Horizonte. Com Mineirão e Independência fechados, por causa das obras para as Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014), os dois jogos finais do Estadual de 2011 são na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Mandante na primeira partida, com torcida única, o Galo larga na frente e vence por 2 a 1

A ficha do jogo

ATLÉTICO 2
Renan Ribeiro; Patric, Leonardo Silva, Réver e Guilherme Santos; Fillipe Soutto, Serginho, Giovanni Augusto e Bernard (Daniel Carvalho); Mancini (Wendel) e Magno Alves (Neto Berola). Técnico: Dorival Júnior
CRUZEIRO 1
Fábio; Pablo (Leandro Guerreiro), Gil, Victorino e Everton; Henrique, Marquinhos Paraná, Gilberto (Dudu) e Montillo; Wallyson e Ortigoza (Fabrício). Técnico: Cuca
DATA: 8 de maio de 2011
MOTIVO: Primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro
LOCAL: Arena do Jacaré (Sete Lagoas)
GOLS: Mancini, aos 4, Wallyson, aos 26, e Patric, aos 34 minutos do primeiro tempo
ARBITRAGEM: Paulo César de Oliveira (SP), auxiliado por Emerson Carvalho (SP) e Roberto Braatz (PR)
CARTÃO VERMELHO: Montillo (Cruzeiro)
CARTÃO AMARELO: Serginho e Neto Berola (Atlético); Ortigoza e Fabrício (Cruzeiro)
PÚBLICO: 17.729 pagantes
RENDA: R$ 120.640,00

MAIS HISTÓRIA

NASCIMENTOS: Nasce em Santa Rosa (RS), em 1966, Cláudio André Taffarel, um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro e que defendeu o gol do Atlético por três temporadas e meia. Neste período, ele participou de clássicos memoráveis, e ganhou o Campeonato Mineiro de 1995. O título, embora não tenha sido em final direta, foi conquistado com um 3 a 1 sobre o Cruzeiro, no Mineirão.

Além do Estadual de 1995, Taffarel venceu pelo Atlético a Copa Centenário e a Copa Conmebol, ambas em 1997. Como jogador do clube ele foi titular da Seleção na Copa América de 1995, no Uruguai; e 1997, na Bolívia. Na primeira, foi vice-campeão. Na segunda, participou da primeira conquista brasileira na competição em torneio jogado em outro país.

Taffarel disputou ainda a Copa do Mundo de 1998, na França como jogador do Atlético. Após o torneio, onde ele foi titular, se transferiu para o Galatasaray, da Turquia.

Nasce no Rio de Janeiro (RJ), em 1974, Guilherme de Cássio Alves, um dos grandes ídolos do Atlético no final do século passado e no início deste. E ele conquistou essa condição justamente pelas suas atuações nos clássicos.

Os mais marcantes são os dois confrontos pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro de 1999. As duas vitórias alvinegras, por 4 a 2 e 3 a 2, que colocaram o time nas semifinais eliminando o favorito rival, contaram com dois gols dele, em cada partida.

Ele é o sétimo maior artilheiro da história do Atlético, com 139 gols.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link