Notícias

Café: mocinho ou vilão? 

Por Jacqueline Moura/Itatiaia, 25/05/2020 às 16:05
atualizado em: 25/05/2020 às 16:08

Texto:

Foto: Pixabay/ banco de imagens
Pixabay/ banco de imagens

No dia 24 de maio, é comemorado o dia Nacional do Café. A bebida faz parte da rotina de 98,5% dos lares brasileiros e ainda pode trazer vários benefícios para a saúde. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), o Brasil é o maior produtor e exportador de café no mundo. Em relação ao consumo da bebida, o país é o segundo maior, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Para a nutricionista esportiva Raphaela Cordeiro tudo vai depender da quantidade da bebida consumida por dia ou da sensibilidade à cafeína. “A recomendação é que o consumo do café seja limitado a três ou quatro xícaras por dia, de acordo com orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O excesso da bebida pode causar dependência por causa da cafeína, insônia, irritabilidade e até agravar quadros de gastrites”, alerta.

Se consumido com moderação, os benefícios do café para a saúde são vários, “reduz os riscos de doença de Parkinson, Alzheimer, pode melhorar o funcionamento do fígado, facilitando a perda de peso. Estudos mostram que o café pode evitar câncer de endométrio, próstata, intestino grosso e fígado”, detalha o médico nutrólogo Juan Bernard, fundador do Instituto Mineiro de Nutrologia.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Em audiência no Senado, vice-presidente reafirmou compromissos do governo para reduzir o desmatamento #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Republicano planejava suspender vistos de estudantes universitários internacionais no país que estivessem assistindo aulas apenas online #itatiaia

    Acessar Link