Notícias

Cruzeiro: Superintendente de Inovação e Digital fala sobre revolução tecnológica no clube

Rodrigo Moreira foi o convidado do programa Bastidores deste sábado

Por Redação, 11/07/2020 às 21:10
atualizado em: 11/07/2020 às 22:11

Texto:

Foto: Divulgação/Cruzeiro
Divulgação/Cruzeiro


O Cruzeiro tem investido na área tecnológica como forma de se aproximar dos torcedores e fechar novas parcerias. O entrevistado deste sábado do programa Bastidores foi o superintendente de Inovação Digital da Raposa, Rodrigo Moreira. No bate-papo com o apresentador Thiago Reis e com o comentarista Cadu Doné, o responsável pela área digital do clube falou sobre a “revolução tecnológica” pela qual o Cruzeiro passa. 

“A gente precisou trazer um pouco o torcedor para perto do clube nesse momento de pandemia a gente não tinha mais jogos para ter os torcedores perto e a gente criou esse primeiro momento de contato com torcedor que é a live. Ela nem é uma estratégia nossa, que a gente criou ela com grande planejamento. No mundo digital e inovação a gente pensa na teoria da experimentação, então a gente quer a pouco e talvez errar várias vezes, mas sempre errar barato, em pouco tempo, para quando acertar, a gente acertar grande.”

Rodrigo falou também sobre as parcerias que o Cruzeiro fechou para a temporada 2020. Segundo o superintendente, em um momento de pandemia, onde o futebol não pode ser o produto principal do time, foi preciso inovar. 

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA 

“A gente precisava fechar praticamente um patrocínio novo por semana, mas eu precisava dar algum tipo de exposição e algum tipo de entrega para esse novo tipo de patrocinador, que a gente chama de parceiro. Antes o clube era balizado pelo espaço que parecia na televisão, nos jogos e essas exposição ao longo do tempo. Por que a gente conseguiu fechar novos patrocínios sem ter uma exposição agora? Tem patrocinador que já fechou tem mais de um  mês, sabendo que não ia ter jogo, no caso da Residencial Emccamp, é porque a gente não  fez o alinhamento com ele de exposição, a gente fez um alinhamento dele de vendas.”

“Então o meu contrato com a Emccamp, o meu alinhamento com ele não é que a gente vai dar a exposição para ele de mídia, meu alinhamento é: como é que nós vamos vender apartamento? Meu alinhamento com os outros patrocinadores são as metas comerciais deles e aí a gente muda um pouco o cenário de ser só um uma exposição de mídia e a gente passa só da exposição para gente, não parceiro comercial e poder ativar os nossos um pouco mais de 7 milhões de torcedores que nos segue nas redes sociais”, completou 


 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    No quarto do homem, de 55 anos, os militares encontraram calcinhas da criança; saiba mais detalhes #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Caso aconteceu na rua Juiz da Costa Val, bairro São Lucas #itatiaia

    Acessar Link