Notícias

Cruzeiro é condenado a pagar R$ 85 mil ao lateral Lennon, que disputou apenas 7 jogos pelo clube

Jogador teve poucas chances e cobra última parcela do acordo de rescisão do contrato

Por Redação, 13/07/2020 às 17:05
atualizado em: 13/07/2020 às 17:29

Texto:

Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

RESUMO

  • Valor é referente a última parcela do acordo de rescisão do contrato com o clube celeste, além de multas da CLT
  • O valor inicial da causa era de R$ 152.791,25
  • Cabe recurso da decisão
  • Lennon chegou ao Cruzeiro em abril de 2017, indicado pelo então técnico Mano Menezes
  • Porém, entrou em campo em apenas sete jogos e, em janeiro de 2018, rescindiu o contrato que iria até abril de 2019


A Justiça do Trabalho condenou o Cruzeiro a pagar R$ 85 mil ao lateral-direito Lennon. O valor é referente a última parcela do acordo de rescisão do contrato com o clube celeste, além de multas da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). 

A quantia da parcela restante da rescisão, firmada em janeiro de 2018, é de R$ 83.527,50. Além disso, o clube celeste foi condenado a pagar R$ 1.700 pelas custas do processo e multas dos artigos 467 e 477 da CLT. O valor inicial da causa era de R$ 152.791,25.

O juiz do Trabalho substituto, Rodrigo Cândido Rodrigues, deu um prazo de 48 horas para o Cruzeiro pagar o valor, a partir do momento em que o clube for intimado. Contudo, cabe recurso da decisão, proferida nesta segunda-feira.

Lennon chegou ao Cruzeiro em abril de 2017, indicado pelo então técnico Mano Menezes. Porém, entrou em campo em apenas sete jogos. Chateado pelas poucas chances na equipe, o lateral rescindiu o contrato em janeiro de 2018. O vínculo do jogador iria até abril de 2019. Em junho deste ano, o atleta foi anunciado como novo reforço do Vila Nova-GO.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O Flecheiro joga o seu 101° jogo pelo Cruzeiro #itatiaia

    Acessar Link