Notícias

Com 'dedo' de Oswaldo, Flu comemora 1º jogo sem levar gols em quase 3 meses

Por Agência Estado, 23/08/2019 às 09:30
atualizado em: 23/08/2019 às 09:32

Texto:

O empate sem gols com o Corinthians pode não ter animado a torcida do Fluminense, mas o placar do jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana, na noite desta quinta-feira (22), se tornou um marco recente na trajetória da equipe carioca na temporada. Pela primeira vez em quase três meses, o time terminou um jogo sem sofrer gols. 

Isso não acontecia desde o empate em 0 a 0 com o Flamengo, no dia 9 de junho, pela oitava rodada do Brasileirão. "Fico feliz porque estávamos há muito tempo sem 'zerar' e conseguimos uma grande partida. Trabalhamos durante esse período, posicionamos na conversa. Viemos em uma posição mista defensiva", disse Marcão, auxiliar técnico que comandou interinamente a equipe carioca na Arena Corinthians. 

O 0 a 0 foi consequência de uma postura mais defensiva do Flu fora de casa, algo que não vinha acontecendo sob o comando de Fernando Diniz, demitido na segunda-feira em razão da fraca campanha no Brasileirão - a equipe está na zona de rebaixamento

"A gente sempre joga para ganhar as partidas, mas sabe como o Corinthians joga dentro da casa deles. Às vezes, trocam a bola com o adversário para ter o espaço do contra-ataque e sair em velocidade e a gente conseguiu anular a principal arma deles. A gente soube sofrer", reconhece o auxiliar. 

Para Marcão, o maior risco fora de casa era levar gol em lances de bola parada. "Sabíamos que a bola parada do Corinthians era forte, mas o time entrou muito concentrado, determinado. Em toda bola, em dificuldade, eles estavam correndo um pelo outro, um ajudando o outro e para esse jogo, fez a diferença."

O auxiliar comandou o time na noite desta quinta-feira apesar do anúncio da contratação de Oswaldo de Oliveira na terça. O treinador será apresentado somente na segunda-feira, chegou a ter contato com o elenco na quarta, mas preferiu não comandar a equipe nesta quinta.

Mesmo assim, ajudou Marcão na orientação do time. "Ele sempre esteve presente com todos nós, tanto no hotel, na preleção, um pessoa que nos ajudou bastante nesse curto período. Contribuiu demais com sua experiência e os jogadores assimilaram muito rápido tudo o que foi passado", revelou o auxiliar técnico.

Em dificuldades no Brasileirão, o Flu não entrará em campo no fim de semana. O jogo com o Palmeiras foi adiado para 10 de setembro. Assim, a próxima partida da equipe das Laranjeiras será justamente a volta contra o Corinthians, no Maracanã, na quinta da próxima semana.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link